Comunidade Brasil

Comunidade Brasil

sexta-feira, 13 de agosto de 2010

As urnas eletrônicas e as dúvidas sobre nosso sistema político.

À medida em que se aproxima mais uma rodada de eleições no país, desta vez presidenciais, novamente vem a baila um assunto solenemente (e estranhamente) ignorado pela grande imprensa, escrita e falada: qual o grau de confiabilidade nas urnas eletrônicas e em quem as manipula (se é que há algum)?

Como todo equipamento de informática, a urma eletrônica está sujeita à um programa e à técnicos que manipulam esse programa e transferem dados da memória para um computador com maior capacidade, encarregado de fazer a contagem dos votos.

Pois bem: quem fez o programa? Como ele funciona? Aonde é feita a extração dos dados? Por quem? Existe um "back up" (segunda memória) para um tira-teima caso esse seja necessário? Onde fica? O eleitor tem uma maneira de comprovar o seu voto e saber que o seu voto foi armazenado correta e idoneamente na urna e será contabilizado da mesma forma, idoneamente?
E finalmente, por que o TSE recorreu da lei que exigia a impressão de um comprovante de votação (uma espécie de recibo) para o eleitor receber no momento da votação?

Se o processo é democrático e pretende-se transparente, por que tenta-se evitar, à todo custo, que o eleitor tenha uma participação mais ativa e fiscalizatória no mesmo?
Leia o texto de Paulo Andrade, especialista em direito constitucional, e tire suas conclusões.

Após a atitude no mínimo suspeita do TSE, abriu-se um espaço para a dúvida de que, sob o manto da modernidade e pioneirismo do Brasil na rápida e "eficiente" apuração das votações, possa-se estar ocultando um dos mais bem sucedidos e duradouros esquemas de manipulaçao eleitoral já vistos no país.

Acompanhe o vídeo abaixo, que apesar da data permanece atual, uma vez que de lá para cá absolutamente NADA mudou:

                          http://www.youtube.com/watch?v=c_K1l35yaVw&feature=related

E para encerrar, uma última pergunta que já foi várias vezes feita mas nunca respondida:

Se o sistema de urnas eletrônicas é tão moderno, revolucionário, confiável e infalível, por que quase TODOS os países do 1o. mundo o rejeitaram?
Com a resposta, você eleitor e cidadão, que vai digitar seus números escolhidos nas próximas eleições.

15 comentários:

  1. Seria muito simples disponibilizar na internet o resultado de cada urna... Não precisa nem dar nome aos bois, só número mesmo: a frente do número de cada título o número dos candidatos que receberam os votos!

    Simulação:
    Titulo nº 000.0000.0000-0 : 13(presidente), 130 (governador, 1333 (senador), 13333 (federal, 133333 (estadual).

    óia só como seria fácil PEGAR fraudes no pulo sem dizer exatamente quem foi que votou em quem.

    PQ EU SEMPRE SEI AONDE FOI QUE MANDEI MEUS VOTOS!

    ResponderExcluir
  2. Não há sistema infalível.
    O correto seria ter no mínimo a "impressão" do voto eletrônico e a velha urna ao lado da urna digital.

    ResponderExcluir
  3. Margarete Fernandes14 de agosto de 2010 10:59

    Sempre tive essa dúvida, há backup? Tem com certificar que nosso voto foi o que votamos mesmo?or que agora precisa de um documento com foto? Se havia dúvidas quanto ao dono do título, por que só agora é que solicitam ou melhor exigem documentos com fotos? Por que se estamos em uma democracia o voto não deixa de ser obrigaório? Assim os políticos teriam que fazer mais e melhor para merecer nossos votos e de forma livre e não obrigatória.

    ResponderExcluir
  4. O sistema das urnas deve ser parecido com as máquinas de emissão de cupom fiscal, as ECF'S que o comércio varejista usa.Exsite a possibilidade de fraude mesmo. Tem as máquinas lá no caixa e em outro local tem um desvio de informações, tipo, vende 10 ítens e só 6 ficam na memória. Quem ajuda? Os técnicos de manutenção do programa

    ResponderExcluir
  5. Exelente matéria Luiz!!!! A urna eletrônica é uma ideia fantástica, mas acredito que o controle sobre as informações e veracidade das votações deveriam ser melhores e difíceis de corromper.
    Na minha cidade já aconteceu coisas estranhas com a urna na época de eleição para prefeitos e vereadores. Eu havia me comprometido com uma amiga de que iria votar nela. Convenci minha família toda e alguns amigos a fazer o mesmo. Eles deram a palavra que votariam nela. Depois das eleições, achei estranho quando ela me disse que na minha zona eleitoral não havia um único voto!!!! Sei que minha família não faltaria com a palavra dada e muito menos eu!!! Falei com ela que as urnas provalvelmente haviam sido manipuladas, só que ela não acreditou muito e eu passei por mentiroso.
    Acho que muito gente está se tornando, vereador, prefeito, deputado, senador, governador e até presidente, sem ganhar os votos necessários pra isso. Sou contra a votação no papel, pois tembém eram fáceis de manipular e roubar e demorava muito pra se ter o resultado. É claro que sou contra o tal recibo na mão do eleitor, pois o mesmo serviria maravilhosamente bem, pra políticos corruptos saberem que o sujeito de qual ele comprou o voto, realmente votou nele.

    ResponderExcluir
  6. Não fazia idéia de que não havia métodos para a aferição dos votos de urnas eletrônicas. Para falar a verdade, nem tinha pensado nisso, já que associei tecnologia com rapidez, fidelidade de números e informações. Esqueci de colocar nesta mistura, o velho ranço corrupto da classe política brasileira. Não duvido que haja manipulação.

    ResponderExcluir
  7. Fora todos esses questionamentos, numa dessas eleições, levei o numero do candidato escrito num papel, cheguei lá digitei o numero, e o nome e a foto era de outro candidato, pensado que eu tinha errado o numero na hora de escrever no papel, votei em branco, qdo cheguei em casa fui conferir e estava certo, ouve a troca, não sei se intencional ou não.
    Esse candidato foi prejudicado.

    ResponderExcluir
  8. A rigor, o sistema informatizado de apuração que está sob a égide do poder judiciário deixa menos vulnerável a lisura do processo eleitoral do que certos aspectos significativos da própria campanha.
    Em julgamento não muito remoto levado ao STF o ministro Eros Grau, ao prolatar seu voto, lembrou muito bem que a informação é um direito do povo e não do dono do jornal. A comunicação de massa não se trata de uma propriedade particular mas instrumento para o exercício da cidadania no que pese a informação como meio de reflexão da sociedade e do posicionamento do cidadão diante dela.
    Neste sentido deve-se considerar, mesmo, a afirmação do blogueiro sobre “esquemas de manipulação eleitoral” como um alerta do poder da mídia e seus interesses sobre a opinião pública mais do que um sistema informatizado de apuração aos cuidados das instituições democráticas brasileiras.

    ResponderExcluir
  9. Está passada a hora de no Brasil termos o Voto livre (Não obrigatório).
    Como um País se orgulha tanto de ter voto eletrônico (moderno), e ainda vive no passado com o voto obrigatório?.
    E Para ser bem moderno tem de deixar de ser ladrão também,Então está na hora do Brasil instituir o voto impresso.
    Revogadas as disposições em contrário.
    ...

    ResponderExcluir
  10. Quando coloca um número e aparece outro candidato, a Urna está com cadastro errado. É só reclamar que ajustam isso.

    O problema de fraude não é no momento da votação. Antes de começar a votação, é impressa a zérissima, que confirma que a urna está em branco antes da votação.

    O problema começa depois que termina. O disquete/pen drive é entregue à alguém do TSE, mas ninguém acompanha como estes dados vão ser abertos, em que condições. Se tem uma vulnerabilidade nas eleições no Brasil, é neste momento.

    É muito fácil alguém tirar os dados do disquete e colocar outros.

    Ter um comprovante impresso seria interessante, embora insuficiente.

    ResponderExcluir
  11. Uma coisa tão fácil de ser resolvida e esclarecida para a população. Mas a falta de Interesse do TSE é mesmo de se desconfiar. O povo todo querendo mais transparência no processo, e o TSE nada de se manifestar. Ai tem coisa!

    Poderia ser impresso um comprovante de voto, com nº do voto e número do titulo do eleitor. Depois esse eleitor entraria no site do TSE onde teria todas as relações dos votos recebidos pelos candidatos.
    Ai ele iria conferir se seu voto esta mesmo na relação do candidato escolhido......muito simples....Hoje as pessoas fazem operações financeiras com muito dinheiro, via internet,.....vai dizer que um sistema parecido não seria seguro.
    Isso deixaria o povo realmente confiante no processo eleitoral.

    guto-cervantes@hotmail.com

    ResponderExcluir
  12. O que esperar de um pais onde o voto é obrigatório ??????

    guto-cervates@hotmail.com

    ResponderExcluir
  13. Com esse numero de participantes no blog,...acho que poderiamos montar o primeiro partido dos internautas brasileiro (PiB), e lutar pelo nosso pais !!!!!

    guto-cervantes@hotmail.com

    ResponderExcluir
  14. Essas eleiçoes foram fraudadas, podem ter certeza disso. E o pt enquanto ninguem fizer nada vai continuar um longo periodo no poder.
    As urnas foram manipuladas assim como as pesquisas.
    Começou a passar uma propaganda na televisao exaltando o sistema de votacao no Brasil, isso é para alienar as pessoas, dizendo que o sistema é o mais avancado e seguro do mundo, com uma propaganda bem feita ninguem vai desconfiar, o povao que nao tem acesso a educacao e nao consegue fazer essa leitura acredita no que é dado a ele.
    Depois as pesquisas que erram muito feio no primeiro turno, pois estavam compradas, perderam toda a credibilidade e para nao ficar tao feio para os institutos a eleicao foi manipulada para bater com as pesquisas. Como um pesquisa feita com 3 mil pessoas pode dizer o que 135 milhoes pensam? As pesquisas influencim os patrocinios e as pessoas, que nao ligam para as eleicoes e por obrigacao votam, as veses para dizer que votou no que ganhou ou para que nao haja um segundo turno votam no candidato que esta na frente.
    AS coisas no Brasil sao feitas da maneira errada, e nao ha ninguem para fiscalizar ou denunciar, as pessoas ficam impunes e continuam cometendo crimes e enganando a populacao. Nao podemos dexar que alguns partidos e pessoas comandem o pais da maneira que querem e facam o que bem entender. Somos mais de 190 milhoes e deveriamos lutar por nosso direitos e por um pais mais justo. Temos tudo para sermos uma grande potencia mundial, e termos melhores condicoes de vida, mas antes precisamos combater os maus governantes, exigir punicoes para os condenados e principalmente abrir a cabeca das pessoas para o que esta acontecendo realmente, mostrar a verdade para elas e nao deixar que sejam manipuladas, mostrar que juntos podemos construir um Brasil melhor para todos e que podemos pois somos mais de 190 milhoes e esse é o nosso pais, esse é o nosso Brasil.

    ResponderExcluir
  15. Essas eleiçoes foram fraudadas, podem ter certeza disso. E o pt enquanto ninguem fizer nada vai continuar um longo periodo no poder.
    As urnas foram manipuladas assim como as pesquisas.
    Começou a passar uma propaganda na televisao exaltando o sistema de votacao no Brasil, isso é para alienar as pessoas, dizendo que o sistema é o mais avancado e seguro do mundo, com uma propaganda bem feita ninguem vai desconfiar, o povao que nao tem acesso a educacao e nao consegue fazer essa leitura acredita no que é dado a ele.
    Depois as pesquisas que erram muito feio no primeiro turno, pois estavam compradas, perderam toda a credibilidade e para nao ficar tao feio para os institutos a eleicao foi manipulada para bater com as pesquisas. Como um pesquisa feita com 3 mil pessoas pode dizer o que 135 milhoes pensam? As pesquisas influencim os patrocinios e as pessoas, que nao ligam para as eleicoes e por obrigacao votam, as veses para dizer que votou no que ganhou ou para que nao haja um segundo turno votam no candidato que esta na frente.
    AS coisas no Brasil sao feitas da maneira errada, e nao ha ninguem para fiscalizar ou denunciar, as pessoas ficam impunes e continuam cometendo crimes e enganando a populacao. Nao podemos dexar que alguns partidos e pessoas comandem o pais da maneira que querem e facam o que bem entender. Somos mais de 190 milhoes e deveriamos lutar por nosso direitos e por um pais mais justo. Temos tudo para sermos uma grande potencia mundial, e termos melhores condicoes de vida, mas antes precisamos combater os maus governantes, exigir punicoes para os condenados e principalmente abrir a cabeca das pessoas para o que esta acontecendo realmente, mostrar a verdade para elas e nao deixar que sejam manipuladas, mostrar que juntos podemos construir um Brasil melhor para todos e que podemos pois somos mais de 190 milhoes e esse é o nosso pais, esse é o nosso Brasil.

    ResponderExcluir